Novidades
Home / Texturas / Tecidos finos

Tecidos finos

Falar de moda hoje em dia é um assunto que interessa a muitas mulheres e também homens, que estão cada vez mais por dentro das tendências. E por falar nisso, um assunto que acaba gerando muita dúvida no quesito confecção são os tipos de tecidos finos e qual o melhor modelo para determinada roupa.

Os tecidos que apresentam essa característica, normalmente, são leves e mais delicados, até mesmo com uma certa transparência. Em grande parte, as roupas feitas com esse tipo de tecelagem são indicadas para ocasiões mais formais e que exigem um nível de elegância.

Alguns tipos são mais difíceis de serem encontrados e outros acabam tendo um preço mais alto, justamente pela qualidade das suas fibras. Além disso, é preciso saber qual peça de roupa fica mais adequada com o tipo de tecido, para que o caimento não fique comprometido.

Sendo assim, se você quer saber mais sobre os tecidos finos e como saber escolher cada modelo, continue acompanhando esse artigo e confira algumas dicas que podem lhe ajudar na hora de montar um look mais elegante.

Como os tecidos finos podem ser boas opções para o vestuário 

Uma forma de conhecer melhor sobre a qualidade de uma peça de roupa é identificar o tipo de material que ela foi feita e qual a sua procedência. Quando se trata de tecidos finos é muito importante estar atento aos tipos disponíveis, uma vez que são materiais mais delicados e cheio de particularidades.

Por exemplo, nos modelos finos e leves podem ser considerados o crepe georgete, musseline, chiffon, gaze, cambraia de linho e algodão, seda, tricoline e gaze. Esses tecidos são indicados para peças como vestidos de festas, blusas mais formais e echarpes.

Já nos tecidos que são considerados de finos a médios, ou seja, que têm uma transparência menos do que o modelo anterior, encontram-se: cetim de seda, viscose, linho e microfibras.

Para compreender melhor esse tipos de tecidos que são mais finos confira a seguir as características de cada um deles:

  • Crepe: existem vários tipos e podem ser encontrados em lojas de tecidos com mais facilidade. Nesse caso, o indicado é para vestidos, blusas de manga curta e longa, pois é um tecido mais fluido e leve, que não tem a necessidade de ser passado, se tornando bem mais prático.

  • Chiffon: consiste em um tecido fluido, recomendado para vestido de festa, como formaturas e casamentos. Uma das suas características é por ser transparente e, por isso, exige que seja feita um forro por baixo. Por não conferir muito volume pode-se fazer várias camadas na mesma roupa, que mesmo assim a peça irá ficar leve e delicada.

  • Laise (ou Lese) e Cambraia: consistem em tecidos de algodão que tem a principal característica de ter os “furinhos” por toda sua extensão. Em alguns casos é preciso colocar uma blusa ou forro na parte de baixa. Esses tecidos deixam a roupa mais delicada, o que é indicado também para a confecção de peças de crianças.

  • Linho: um tecido que vai de fino a médio e que pode ser bem versátil em estações que não faz tanto calor, mas que também pode ser utilizado para compor peças no verão.

  • Renda e organza: a principal característica é o romantismo que esse tipo de tecido passa para a peça, além de ser fino e sensual. Mas por serem muito transparentes é preciso tomar cuidado para não mostrar demais.

Por isso, se você quer ter acesso aos melhores tecidos finos e com qualidade surpreeendente, não deixe de conferir mais modelos e opções no site da loja Avimor Tecidos, que oferece uma gama imensa de produtos com essa característica: https://www.avimortecidos.com.br/.

Sobre Admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *